Postagens

A pior previsão já feita pela Física pode ter sido solucionada

Imagem
A pior previsão já feita pela Física pode ter sido solucionada Redação do Site Inovação Tecnológica - 10/09/2019 Por enquanto não há nenhuma pista da energia escura - e nem da matéria escura.
[Imagem: JHUAPL/SwRI]
Mancadas científicas Você conhece a história: Einstein acreditava que o Universo era estático, embora sua teoria indicasse outra coisa. Para ajeitar tudo, ele introduziu em suas equações a constante cosmológica λ (lambda), e o Universo parou. A parada - apenas na cabeça dos físicos, é claro - foi rápida porque, em 1929, Georges Lemaitre descobriu a expansão do Universo com dados observacionais, o que fez Einstein chamar sua constante de "a maior mancada da minha vida" (The greatest blunder of my life). A coisa ficou mais séria em 1998, quando a análise de supernovas distantes mostrou que o Universo estava não apenas acelerando, mas que essa aceleração estava se tornando cada vez maior. A constante cosmológica foi mais uma vez chamada à cena para descrever o fenômeno…

Glauconita: Um fertilizante que supera os tradicionais e beneficia o meio ambiente

Imagem
Glauconita: Um fertilizante que supera os tradicionais e beneficia o meio ambiente Redação do Site Inovação Tecnológica - 10/09/2019 A glauconita fertiliza o solo por várias estações, mantém a umidade do solo, não possui contaminantes e pode ser um fertilizante muito barato.
[Imagem: Rudmin et al. - 10.1016/j.clay.2019.105178]
Glauconita Glauconita: Este é o mineral que pesquisadores russos apontam como a solução para uma nova era de fertilizantes que agridam menos o meio ambiente. A glauconita é um mineral argiloso, da família das micas, e comumente encontrado associado com depósitos de ferro - tecnicamente, é um filossilicato de ferro-potássio. Rochas de glauconita são interessantes como fertilizantes devido ao seu alto teor de potássio (K), que é um dos três principais nutrientes para as culturas comerciais, juntamente com o nitrogênio (N) e o fósforo (P) - a famosa fórmula NPK. A principal fonte de potássio hoje são os sais de potássio, compostos de potássio com íons cloro ou sulfa…

Componente neuromórfico imita memória e esquecimento do cérebro

Imagem
Componente neuromórfico imita memória e esquecimento do cérebro Redação do Site Inovação Tecnológica - 10/09/2019 Processadores neuromórficos poderão ser maciçamente paralelos, juntarem memória e processamento nos mesmos componentes e, em última instância, levarem à chamada inteligência artificial em hardware.
[Imagem: Elena Khavina/MIPT]
Cérebro artificial Engenheiros russos criaram um componente de memória que é capaz de imitar as sinapses do cérebro não apenas na forma de "aprender" - gravar um dado - mas também na forma de esquecer o dado, apagando-o por conta própria quando ele não é acessado por um longo tempo. Memórias neuromórficas, que imitam a forma de funcionamento dos neurônios cerebrais, prometem computadores que funcionam de forma mais rápida por serem maciçamente paralelos, por juntarem memória e processamento nos mesmos componentes e, em última instância, levarem à chamada inteligência artificial em hardware, e não apenas em programas. O componente principal d…

Plástico com autodestruição gera objetos que desaparecem a um comando

Imagem
Plástico com autodestruição gera objetos que desaparecem a um comando Redação do Site Inovação Tecnológica - 09/09/2019 O polímero deixa apenas uma mancha e um leve cheiro.
[Imagem: Paul Kohl]
Plástico que se autodestrói Você pode pensar nisso como a reciclagem levada ao extremo - ao extremo de não ser necessária. Um novo tipo de polímero simplesmente desaparece quando é exposto à luz solar ou a uma luz artificial específica. O objetivo é construir aparelhos capazes de se autodestruir depois de cumprir suas funções. "Esse não é o tipo de coisa que se degrada lentamente ao longo de um ano, como os plásticos biodegradáveis com os quais os consumidores podem estar familiarizados," afirmou Paul Kohl, do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA. "Esse polímero desaparece em um instante quando você aperta um botão para acionar um mecanismo interno ou o Sol o atinge". Kohl afirma que esse material estilo "James Bond" é ótimo para ser incorporado em dispositivo…

Sem solda: Metais porosos cicatrizam como ossos a temperatura ambiente

Imagem
Sem solda: Metais porosos cicatrizam como ossos a temperatura ambiente Redação do Site Inovação Tecnológica - 09/09/2019 Uma seção da espuma metálica de níquel cortada (esquerda) e o processo de cicatrização do metal (direita).
[Imagem: Pikul Research Group]
Metais que se curam Os metais nos tiraram da Idade da Pedra, permitindo construir objetos nos mais variados formatos, fortes e resistentes. O inconveniente é que juntar e consertar metais exige uma operação chamada soldagem, que envolve derreter o metal com maçaricos que podem atingir mais de 3.000º C, gastando um bocado de energia. Então talvez estejamos entrando em uma nova era, ou, no mínimo, em uma nova fase da Idade dos Metais: engenheiros desenvolveram a primeira técnica capaz de reparar um metal a temperatura ambiente. Zakaria Hsain e James Pikul, da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, chamam sua técnica de "cura" por causa de sua semelhança com a maneira como os ossos se curam, recrutando matéria-prima e energia…

Concreto de endurecimento rápido diminui tempo de construção em quatro vezes

Imagem
Concreto de endurecimento rápido diminui tempo de construção em quatro vezes Redação do Site Inovação Tecnológica - 04/09/2019 As inovações em cimento e concreto têm-se multiplicado nos anos recentes.
[Imagem: TU Vienna]
Concreto de endurecimento rápido Um novo tipo concreto de endurecimento rápido promete reduzir o tempo de construção de estruturas de engenharia em três a quatro vezes. O concreto é resistente a rachaduras, à água, ao gelo e, por isso, adequado para construção nas mais variadas condições ambientais. E a tecnologia para sua fabricação pode ser implementada nas fábricas atuais com gastos mínimos, garantem Ruslan Ibragimov e Roman Fediuk, da Universidade Estadual de Kazan, na Rússia. A resistência à compressão do novo concreto - alcançada 28 dias após o vazamento - aumentou de 2,7 a 3,3 vezes (B60) em comparação com as misturas tradicionais de concreto de componentes similares. A resistência ao gelo aumentou três vezes, saindo de F200 e chegando a F600, e resistência à ág…

Colhedeira de água tira água do ar até no deserto

Imagem
Colhedeira de água tira água do ar até no deserto Redação do Site Inovação Tecnológica - 06/09/2019 Um ventilador força o ar ambiente em direção aos cartuchos de MOF, visíveis dentro da caixa transparente, onde a água é coletada.
[Imagem: Mathieu Prévot/UC Berkeley]
Colhendo água Com a escassez de água tornando-se um problema crescente em todo o mundo, pesquisadores têm-se esforçado em busca de soluções sustentáveis e de baixo impacto ambiental. Nikita Hanikel e seus colegas da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos EUA, vêm dedicando seus esforços há alguns adnos para coletar água diretamente da umidade do ar. O protótipo de coletor de água mais recente construído pela equipe recolheu 1,3 litro por dia para cada quilograma (l/kg/dia) de material absorvedor em uma região com baixa umidade. Em um teste ainda mais rigoroso, feito no deserto de Mojave, na Califórnia, ele produziu 0,7 l/kg/dia em média, e 0,2 l/kg/dia no dia mais seco, com umidade de 7%. O material ativo é uma estrutu…

Wi-Fi funciona como sonar para rastrear pessoas em ambientes internos

Imagem
Wi-Fi funciona como sonar para rastrear pessoas em ambientes internos Redação do Site Inovação Tecnológica - 06/09/2019 O WIO é um programa, mas os pesquisadores criaram um protótipo de hardware para testes iniciais com outros aparelhos.
[Imagem: NCSU]
Sonar por Wi-Fi Uma técnica para medir a velocidade e a distância em ambientes internos promete melhorar as tecnologias de navegação para robôs, drones ou pedestres que tentam encontrar o caminho em aeroportos ou museus. A técnica usa uma nova combinação de sinais Wi-Fi e a tecnologia dos acelerômetros para rastrear aparelhos em tempo quase real. "Nós chamamos nossa abordagem de Odometria Inercial Assistida por Wi-Fi (WIO)," disse Raghav Venkatnarayan, da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos EUA. "O WIO usa o Wi-Fi como um sensor de velocidade para rastrear com precisão o movimento de alguém. Pense nisso como um sonar, mas usando ondas de rádio, em vez de ondas sonoras". Muitos aparelhos, como os celulares,…