Físicos batem recorde de entrelaçamento quântico de qubits

Físicos batem recorde de entrelaçamento quântico de qubits

Físicos batem recorde de entrelaçamento quântico de qubits
Imagem conceitual dos novos estados quânticos gerados. O emaranhamento entre pares de átomos vizinhos (azul), tripletos (rosa), quadrupletos (vermelho) e quintupletos (amarelo) foi observado, antes que o sistema se tornasse muito complexo para caracterizar com as técnicas existentes.[Imagem: IQOQI Innsbruck/Harald Ritsch]
Recorde de entrelaçamento quântico
Físicos alemães - universidades de Innsbruck, Vienna e Ulm - bateram com folga o recorde de entrelaçamento usado na computação quântica.
Eles conseguiram fazer com que 20 qubits - bits quânticos - ficassem intrinsecamente ligados, ainda que cada um deles pudesse ser individualmente controlado - em 2011, a mesma equipe havia entrelaçado 14 qubits.
Os pesquisadores atestaram o entrelaçamento genuíno de múltiplas partículas - os qubits são átomos de cálcio - entre todos os grupos vizinhos de três, quatro e cinco bits quânticos.
Eles só pararam quando os computadores não conseguiram mais processar as informações coletadas.
Entrelaçamento múltiplo
Fisicamente, partículas entrelaçadas - ou emaranhadas - não podem ser descritas como partículas individuais, com estados definidos, mas apenas como um sistema completo - tudo o que acontece com uma afeta instantaneamente a outra.
E fica particularmente difícil entender o entrelaçamento quando várias partículas estão envolvidas. O entrelaçamento genuíno de múltiplas partículas só pode ser entendido como uma propriedade do sistema global de todas as partículas envolvidas, e não pode ser explicado por uma combinação dos qubits que estão entrelaçados.
Outras equipes já haviam detectado o entrelaçamento entre um grande número de partículas usando átomos artificiais - gases ultrafrios conhecidos como condensados de Bose-Einstein -, mas a equipe alemã conseguiu endereçar e ler cada qubit individualmente, o que aponta para a utilidade da técnica em aplicações práticas.
"Nosso objetivo a médio prazo é atingir 50 partículas. Isso nos ajudará a resolver problemas que os melhores supercomputadores de hoje ainda não conseguem resolver," anunciou o professor Rainer Blatt.
Bibliografia:

Observation of Entangled States of a Fully Controlled 20-Qubit System
Nicolai Friis, Oliver Marty, Christine Maier, Cornelius Hempel, Milan Holzäpfel, Petar Jurcevic, Martin B. Plenio, Marcus Huber, Christian Roos, Rainer Blatt, Ben Lanyon
Physical Review X
Vol.: 8, 021012
DOI: 10.1103/PhysRevX.8.021012

CP2

Postagens mais visitadas deste blog

Projetos Pyramon

Luz se torna superfluida a temperatura ambiente

Cartilha dos Impostos Municipais