6 dicas da hora de preparar a parede para a pintura

6 dicas da hora de preparar a parede para a pintura


Pintar a casa é uma bela forma de renovar os ambientes de forma prática e sem gastar muito. Além disso, a tarefa é tão simples, que nem sempre demanda a contratação de um profissional. Ainda assim, vale destacar que mesmo não tendo muitos segredos na hora de pintar as paredes dos imóveis, é preciso tomar alguns cuidados no preparo da superfície, a fim de evitar dores de cabeça no futuro. Quer  saber que cuidados são esses? Então continue lendo o nosso artigo!

Comece pela observação

O primeiro passo, antes de começar a pintar a parede, é observar a superfície. Veja se a parede está suja, verifique se há tinta descascando, confira se tem mofo na parede e observe se ela está esfarelando, se tem tricas ou até mesmo buracos. Essa análise é indispensável e pode fazer toda diferença no resultado final.

Lembre-se que até paredes em bom estado precisam de preparo

Ainda que a parede esteja em bom estado – sem qualquer sujeira, irregularidades, manchas, tintas, mofo e buraco – é necessário preparar a parede. O preparo básico consiste em lavar e secar a superfície, depois de lixá-la com lixa para  ferro nº 36. Após lixar, deve-se retirar o pó usando uma vassoura limpa e passar um pano úmido para finalizar. É importante cumprir todas essas etapas para a tinta não descascar futuramente.

Use água e sabão neutro para eliminar manchas

Caso após a triagem, você perceba que a parede tem manchas de mãos, graxa ou outras sujidades, lave a superfície com água e sabão neutro. Depois disso, espere secar, lixe normalmente e elimine o pó.

Redobre a atenção quando tiver mofo

Se a parede estiver mofada, a tendência é que a pintura não fique boa. Sendo assim, o ideal é lavar a parede com água sanitária e deixar o produto agir por uma hora. Após esse tempo, enxágue e aguarde a secagem antes de realizar a pintura.

Nivele a parede se ela estiver descascando

Se os adesivos, papéis de parede ou textura acabarem descascando a pintura e desnivelando a superfície, o mais indicado é lixar a parede e raspar com a espátula. Já se a tinta estiver esfarelando, será necessário remover o reboco e refazer tudo.

Use massa corrida para deixar a parede regular

No caso de buracos, fazer o preenchimento com massa corrida é a melhor pedida. Aqueles buracos de prego, por exemplo, podem ser tapados com a massa. Vale ressaltar que a massa acrílica deve ser usada em áreas molhadas (cozinhas, banheiros, sauna, lavanderia) e também em ambientes externos (fachada, varanda, área gourmet). Já a massa PVA deve ser utilizada em ambientes internos. Quando houver imperfeições mais profundas, será preciso aplicar argamassa para reboco e só depois, a massa corrida.

Dicas extras:

  • Depois da aplicação da massa corrida, espere a secagem completa e aplique o fundo selador antes de passar a tinta.
  • Quando a parede for recém-construída, espere o reboco secar por pelo menos 28 dias antes do preparo para pintar.
  • A massa corrida deve secar e depois o pintor deve aplicar um fundo selador.
  • Nas paredes de gesso, use um fundo reparador antes da pintura, pois isso melhora a cobertura, acabamento e fixação da tinta.
  • Se a parede tem problemas como infiltrações e rachaduras, uma simples pintura não resolve. É melhor fazer os reparos primeiro.
E aí, gostou das nossas dicas? Vai segui-las na hora de pintar sua residência? Compartilhe suas opiniões conosco por meio dos comentários!

Postagens mais visitadas deste blog

Projetos Pyramon

Cartilha dos Impostos Municipais

Memória magnética ultrarrápida gravada com luz