Brasileiro induz caos no laser para aumentar segurança na internet

Informática

Brasileiro induz caos no laser para aumentar segurança na internet

Brasileiro induz caos no laser para aumentar segurança na internet
Suporte de alumínio exerce pressão sobre o laser para alterar formato das ondas de luz emitidas.[Imagem: Thiago R. Raddo et al. - 10.1038/s41598-017-14436-3]









Caos como segurança
Pesquisadores da USP em São Carlos (SP) idealizaram um mecanismo inédito e inacreditavelmente simples para dificultar o acesso não autorizado - também conhecido como espionagem - a informações trafegando em redes de fibras ópticas.
Thiago Raddo e Ben-Hur Borges manipularam o laser comumente usado nas telecomunicações para alterar o padrão de transmissão dos dados por fibra óptica.
Normalmente o sinal de luz emitido pelo laser percorre a fibra com um certo padrão. A técnica consiste em tornar esse padrão completamente imprevisível, sem impedir que a mensagem seja compreendida quando chegar ao destino.
"A partir do momento que um sinal de luz desordenado é usado para transmissão de dados, se torna muito mais difícil um usuário não autorizado ou um espião ter acesso à informação que está sendo enviada ao destinatário," explicou Raddo.
Pressão mecânica
Já existem equipamentos geradores de caos para aplicações ópticas, mas eles são grandes e caros, inadequados para aplicações no dia a dia.
Assim, o que se destaca na solução proposta por Raddo é a simplicidade: para gerar desordem no sinal emitido, o laser recebe uma força mecânica externa gerada por um suporte de alumínio.
"O laser atua sem nenhum aparato complexo ou qualquer tipo de realimentação óptica. Isso é inédito na ciência atual," disse Raddo, destacando que a solução é de baixo custo e pode ser facilmente implantada.
A imprevisibilidade gerada pelo laser equivale à criptografia da informação, oferecendo uma camada adicional de segurança.
Ainda não há previsão para a tecnologia entrar no mercado porque ainda são necessários alguns desenvolvimentos para sua aplicação prática. Mas Raddo já sabe o que precisa fazer: "Vamos estudar outras abordagens, aprimorar o que foi desenvolvido e aguardar o interesse da indústria."
Bibliografia:

Strain induced polarization chaos in a solitary VCSEL
Thiago R. Raddo, K. Panajotov, Ben-Hur Viana Borges, M. Virte
Nature Scientific Reports
Vol.: 7, Article number: 14032
DOI: 10.1038/s41598-017-14436-3

Postagens mais visitadas deste blog

Projetos Pyramon

Cartilha dos Impostos Municipais

Memória magnética ultrarrápida gravada com luz