Postagens

Mostrando postagens de Março 26, 2017

Rádio multinúcleo promete mudar comunicações sem fios

Imagem
Rádio multinúcleo promete mudar comunicações sem fiosRedação do Site Inovação Tecnológica -  21/03/2017 Graças a este chip, os sistemas de transmissão sem fios, hoje totalmente embutidos em hardware, poderão ser atualizados por software. [Imagem: Cornell University] Transmissor multinúcleos Uma técnica que permite transmitir e receber sinais de rádio em um único chip poderá mudar a forma como a comunicação sem fios é feita, além de permitir que os aparelhos sejam atualizados por software. Para entender a solução, basta se lembrar do problema da multiplicidade de faixas de frequência - ou bandas - que os aparelhos precisam lidar hoje. Seja GPS, Bluetooth, Wi-Fi, telefonia ou FM, cada tecnologia sem fios usa uma banda que exige seu próprio filtro para separar o que é seu do que não é. Para juntar tudo, Hazal Yüksel, da Universidade de Cornell, nos EUA, construiu um transmissor composto por seis subtransmissores, todos ligados a uma linha de transmissão virtual. Cada um dos subtransmisso…

OutoBot: Um robô para limpar e pintar edifícios

Imagem
OutoBot: Um robô para limpar e pintar edifíciosRedação do Site Inovação Tecnológica -  27/03/2017 Sem os trabalhadores, a gôndola ficou mais leve, consumindo menos energia.[Imagem: NTU] Manutenção robótica Engenheiros da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura, criaram o OutoBot, um sistema robotizado de manutenção para trabalhar nas áreas externas dos edifícios. O robô pode limpar o exterior dos edifícios, por meio de jatos de água, e aplicar novas camadas de tinta - tudo de forma automática e contínua. A parte principal do OutoBot é um braço robótico com seis graus de liberdade. Uma câmera faz uma varredura da superfície para identificar quais áreas podem receber o jato de água e quais deverão receber a tinta. Enquanto o esquema tradicional exige uma equipe de cinco trabalhadores - um no solo, um no telhado e três na gôndola -, o OutoBot exige apenas um operador no solo. "Usando nosso robô, nós demonstramos que um emprego intensivo em trabalho pode ser transformado em…

Objetos 3D podem ser reconfigurados após a impressão

Imagem
Objetos 3D podem ser reconfigurados após a impressãoRedação do Site Inovação Tecnológica -  28/03/2017 O material fica maleável e pode ser ajustado às necessidades. [Imagem: University Saarland] Insatisfação criativa Por mais promissora que se mostre - e por mais disseminada que já tenha se tornado - a impressão 3D ainda não estava agradando a todos. Além de ser capaz de fabricar na hora qualquer objeto que pudesse projetar em seu computador, Daniel Groger, da Universidade Saarland, na Alemanha, queria mais. Ele se incomodou porque, assim que o objeto saía da impressora, não era mais possível fazer qualquer alteração nele - em sua opinião, a tão anunciada liberdade de projeto tão prometida pela impressão 3D ia por água abaixo. "Depois da impressão, o objeto 3D é estático. Você não pode mais mudá-lo ou adaptá-lo às suas necessidades," comentou Daniel, citando o exemplo de uma pulseira que ele estava tentando imprimir - calcule errado o diâmetro do pulso da pessoa que deverá u…

Baterias ecológicas: Três tecnologias baratas e duráveis

Imagem
Baterias ecológicas: Três tecnologias baratas e duráveisRedação do Site Inovação Tecnológica -  27/03/2017 Verde de bilhões de dólares Enquanto as baterias dos aparelhos eletrônicos retomam sua indesejável mania explosiva, sem alternativas à vista à atual tecnologia de íons de lítio, um outro campo do armazenamento de energia continua florescendo com um vigor invejável. As baterias estacionárias estão sendo desenvolvidas para atuar junto à rede elétrica, guardando grandes quantidades de energia de forma química, em grandes tanques. Isso deverá amenizar o problema da intermitência das fontes renováveis de energia e abrir caminho para a geração distribuída, em que cada consumidor poderá se transformar em um produtor de energia. Como a geração nessas duas fontes pode ser errática, as baterias líquidas - nas quais a energia é guardada não na própria bateria, mas em tanques - deverão eliminar as oscilações e garantir que a rede de distribuição receba sempre um suprimento constante de eletr…

Conheça o chip que vai equipar os tricorders

Imagem
onheça o chip que vai equipar os tricordersRedação do Site Inovação Tecnológica -  28/03/2017 Os pesquisadores vêm trabalhando há anos para simplificar os sistemas necessários para tirar proveito dos raios T.    [Imagem: Frank Wojciechowski/Princeton] Chip de tricorder Você pode estar olhando para o chip que equipará o primeiro tricorder a saltar das telas da ficção científica para a realidade. Ele foi projetado e construído por Xue Wu e Kaushik Sengupta, da Universidade de Princeton, nos EUA. O chip representa a miniaturização de um conjunto enorme de lasers e espelhos que até agora eram necessários para emitir ondas terahertz, que podem atravessar o corpo humano sem causar danos. Um segundo chip captura as ondas de volta e fornece detalhes sobre as ondas que retornam, permitindo a interpretação das leituras. As ondas terahertz também interagem de maneiras distintas com diferentes compostos químicos, de modo que elas podem ser usadas para caracterizar substâncias específicas. Essa té…