Postagens

Mostrando postagens de Abril 14, 2013

NOTÍCIAS

Imagem
Brasileiros revolucionam fabricação de cimento Com informações da Agência USP - 17/04/2013
Engenheiros alemães apresentaram recentemente uma técnica para reciclagem cimento e concreto usando raios.[Imagem: Fraunhofer IBP] Cientistas da Escola Politécnica da USP desenvolveram uma nova técnica para a fabricação de cimento combinando matérias-primas simples com ferramentas e conceitos avançados na gestão do processo industrial. O resultado pode ser uma revolução mundial na indústria cimenteira. Segundo o professor Vanderley John, um dos responsáveis pelo projeto, o novo processo industrial permitirá dobrar a produção mundial de cimento sem precisar construir novos fornos e, portanto, sem aumentar as emissões de gases de efeito estufa. O cimento Portland tradicional é composto basicamente por argila e calcário, substâncias que, quando fundidas em um forno sob altas temperaturas, transformam-se em pequenas bolotas chamadas clínquer. Esses grãos de clínquer são moídos com o mineral gipsita (matéri…

Parque Tecnológico do Rio completa 10 anos com US$1bi de investimentos

Parque Tecnológico do Rio completa 10 anos com US$1bi de investimentosCom informações da Agência Brasil - 11/04/2013 Inaugurado em 2003 com o objetivo de estimular a interação entre universidade e empresas, promovendo a transformação de conhecimento em riqueza, o Parque Tecnológico do Rio de Janeiro completará 10 anos com uma cifra de R$ 1 bilhão em investimentos. "O ambiente de inovação garante às empresas um acesso diferenciado a laboratórios, profissionais de alta qualificação, e gera oportunidades de negócios e de pesquisas de ponta", destaca Maurício Guedes, diretor executivo do parque. O sucesso do empreendimento é medido pela presença de unidades de pesquisas de grandes organizações e de empresas inovadoras de pequeno e médio portes. Esse movimento foi impulsionado pela presença de uma empresa âncora - a Petrobras, por meio de seu centro de pesquisas. Além de abrigar centros de pesquisa de multinacionais, o parque gera oportunidades para empresas de base tecnológica de m…

Motor de vento iônico pode impulsionar aviões

Imagem
Mecânica Motor de vento iônico pode impulsionar aviõesCom informações do MIT - 12/04/2013 Os motores iônicos, como o da sonda GOCE são eficientes no espaço porque, fora da atmosfera, o empuxo necessário para empurrar as naves é mínimo. [Imagem: ESA] Os motores iônicos já fazem sucesso no espaço, e deverão equipar a nave robótica que a NASA enviará para capturar um asteroide. Agora, engenheiros estão querendo usar um tipo diferente de motor iônico - um motor de vento iônico - para impulsionar não espaçonaves, mas aeronaves. Kento Masuyama e Steven Barrett, do MIT, afirmam ter uma demonstração cabal de que motores de vento iônico podem ser capazes de impulsionar alguns tipos de aviões, dispensando o querosene de aviação e usando um motor elétrico absolutamente silencioso. Propulsão eletrohidrodinâmica Quando uma corrente elétrica passa entre dois eletrodos - um mais grosso do que o outro - ela cria um vento no ar entre os dois. Se for aplicada uma tensão suficiente, o vento resultante pode p…

Foguete a fusão nuclear será testado este ano

Imagem
Espaço Foguete a fusão nuclear será testado este anoRedação do Site Inovação Tecnológica - 10/04/2013
O conceito do motor a fusão nuclear para impulsionar espaçonaves será testado até meados deste ano em laboratório.[Imagem: University of Washington/MSNW] Além da Terra Vários experimentos vêm tentando transformar a fusão nuclear em uma fonte de energia limpa que liberte a Terra dos danos impostos por fontes sujas e poluentes, como petróleo e usinas nucleares a fissão. Mas o Dr. John Slough quer libertar é o homem da própria Terra, criando mecanismos de levá-lo às profundezas do espaço. "É quase impossível para os humanos explorar muito além da Terra usando os atuais foguetes químicos. Nós esperamos criar uma fonte de energia para o espaço muito mais poderosa, que eventualmente tornará as viagens interplanetárias uma coisa comum," disse o pesquisador da Universidade de Washington, nos Estados Unidos. Para isso, ele idealizou um novo tipo de foguete movido a fusão nuclear, a mesma …